Sou Carlos Alberto Yates, técnico em mecânica. Nasci em março de 1958 e sou estudioso da Doutrina filosófica Racionalismo Cristão.Tenho grande interesse em assuntos que envolvam UFOs e agroglifos pois consigo fazer uma interação entre estes assuntos e a Doutrina que professso. Pesquiso e retiro dados dos seguintes sites: Livros Racionalismo Cristão 43ª edição e A Vida fora da Matéria; Lucy Pringle; UFOLOGIA-Brasil.

Considerações sobre os geoglifos de Nazca no Perú - A grande Aranha


Estudo 44 - Aqui neste geoglifo temos as seguintes quantidades: 3 partes na cabeça à direita, 4 patas dianteiras, 2 + 2 patas traseiras, 1 parte na cauda e mais 12 intervalos que são os locais arredondados ao lado de onde partem as demais partes da figura.
Então temos que: 12 +4 +2 =18, ou seja uma referência às 3 séries de 6 mundos, ou seja séries sem os seus mundos primitivos, ou também 18 significam 3 mundos classe 6, semelhantes à Terra.

4 +3 = 7 ou seja uma referência ao mundo primitivo e também a 1 série completa de 7 mundos. 4 +3 +2 = 9 , ou seja uma referência aos 9 mundos de vida já somente espiritual presentes em 3 séries de 6 ou de 7 mundos. 12, sendo aqui uma referência aos 12 mundos de vida física presentes em 3 séries de 7 mundos.

12 + 9 = 21, numa referência como já sabemos à 3 séries de 7 mundos, séries completas cada qual com seu mundo primitivo.

4 + 2 = 6 , sendo este resultado uma referência aos mundos de classe 6 ou mundos escola semelhantes em evolução à Terra. 4 + 3 + 2 + 2 = 11, e este resultado sendo uma referência clara aos 11 atributos do espírito. Se somarmos 12 + 3 + 2 = 17 , resultado que eu considero uma referência às 17 primeiras categorias espirituais que necessariamente reencarnam nos mundos escola ou classe 6.

Na seguinte soma 4 +2 +2 = 8 temos uma referência à lógica universal.

Considerações sobre os geoglifos de Nazca no Perú - A grande Aranha
Por Carlos Alberto Yates