Sou Carlos Alberto Yates, técnico em mecânica. Nasci em março de 1958 e sou estudioso da Doutrina filosófica Racionalismo Cristão.Tenho grande interesse em assuntos que envolvam UFOs e agroglifos pois consigo fazer uma interação entre estes assuntos e a Doutrina que professso. Pesquiso e retiro dados dos seguintes sites: Livros Racionalismo Cristão 43ª edição e A Vida fora da Matéria; Lucy Pringle; UFOLOGIA-Brasil.

Considerações sobre os geoglifos de Nazca no Perú - 1º Colibri

Estudo 40 - Como podemos notar o Colibri de Nazca nos apresenta 6 asas e 6 dedos bem como uma cauda composta por 5 pontas e mais 1 bico, no total temos 18 partes, o que a meu ver significa uma referência aos 3 planetas classe 6 da série a que pertence a Terra, ou 3 séries incompletas com 6 mundos cada uma.

Agora, se não contarmos com o bico do Colibri temos a quantia de 17 ou seja uma referência às 17 categorias espirituais que obrigatoriamente reencarnam nos planetas escola, planetas classe 6.
Se contarmos somente as 5 pontas da cauda e mais os 6 dedos temos a quantia de 11, numa referência aos 11 atributos do espírito. Se contarmos as 6 partes das asas e mais o bico temos a quantidade de 7 numa referência ao mundo de classe 7 ou primitivo.


Quando o planeta escola muda de categoria devido a sua evolução alcançada as primeiras 5 categorias espirituais não mais reencarnam ali e sim no planeta mais primitivo ou 7º planeta,que então já começa a se transformar em mundo escola (6º).

Então temos que nos planetas materializados ou de 5ª categoria reencarnam somente espíritos da 6ª à 17ª categoria. E nos planetas Opacos, ou de 4ª categoria reencarnam somente espíritos da 11ª à 17ª categoria.

E nos planetas de 3ª categoria ou Brancos já não existe vida material densa e este mundo forma com os mundos Diáfano (2º) e de Luz Puríssima (1º) os 3 mundos de vida espiritual, em contraposição aos 4 mundos de vida material da série de 7 tipos de mundos que são: primitivo (7º), escola (6º), materializado (5º) e opaco (4º).

Se somarmos 6 + 6 obtemos 12 numa referência aos 12 planetas de vida ainda física presentes em 3 séries de 7 planetas (21 planetas).

Se somarmos 3 + 3 + 3 = temos 9 numa referência aos 9 mundos de vida espiritual presentes tanto em 3 séries de 6 planetas (18) como em 3 séries de 7 planetas (21).

A quantidade de mundos de vida espiritual é sempre 3 em contraposição a quantidade de mundos de vida ainda material que varia entre 3 e 4 conforme a série tenha 6 ou 7 planetas, o que neste caso eu considero uma série completa pois eu entendo que aí o planeta classe 6 ou escola já tomou conhecimento do planeta primitivo que deverá ser alocado nesta série de 6 planetas para tranforma-la em uma série de 7 planetas.

Considerações sobre os geoglifos de Nazca no Perú - 1º Colibri
Por Carlos Alberto Yates